Estava dando umas olhadas nos desfiles de outono/inverno desse ano e me deparei com esse desfile ABSURDO da Elie Saad. Otema principal era o Gótico, mas não aquele que estou acostumado a ver na rua, com muitas correntes e uma maquiagem pesada… Não! É quase como um Gótico glamoroso. Pesquisando sobre a origem da inspiração do desfile não achei, ao certo, de onde foi tirada a inspiração histórica, mas acredito que se trata de algo na Era Vitoriana.

O Gótico antigamente

Na sua segunda parte, que é algo entre 1860 e 1870, cores mais fortes e marcantes aparecem bastante, com aquela cinturinha que todas tanto sonhamos. Que óbvio era feita da mesma forma que muitas pessoas fazem hoje em dia, com cintas e muito tempo sem ar. Mas não se trata da cinta que estamos costumados a ver, com tecidos tecnológicos, NÃOOO… Essas eram amarradas bem forte e além de possuir barbatanas, que eram uma arma dos infernos pra afinar a cintura e sustentavam a coluna. Ou deveriam fazer isso, mas creio que não era nada saudável. E um pequeno detalhe é que elas usavam a todo o momento, só tiravam pra dormir e tomar banho. Um fato engraçado: nem a roupa elas tiravam para tomar banho, nem pra fazer sexo.

Voltando ao assunto, no final da Era Vitoriana, 1880 a 1890, elas estavam um pouco mais safadinhas e começam a tirar as mangas. E como se já não fosse um tapa na cara da sociedade, aproveitam também para aumentar um pouco os decote, o que era bem diferente da época anterior.

O desfile da Elie Saab

Devidamente introduzidas ao assunto… No desfile da Elie, podemos notar as inspirações à Era Vitoriana, claro, com detalhes bem contemporâneos. A leveza da renda e dos babados mixada ao couro com sua rigidez e rebeldia, mostra que é sim possível a mistura de duas características opostas. Sem contar com o veludo, que há pouco tempo era considerado brega, junto com os bordados maravilhosos, são a cereja do bolo.

Nos Instagrans da vida, vemos muitas meias arrastão. Mas preferi manter na foto que estou apresentando a vocês os looks que tem na sua maioria elementos do gótico. Rendas permanecem tanto nos desfiles quanto nas ruas. O quadriculado é um componente muito importante por que serve para não deixar o look completamente BLACK.

 

Por mim vestiria preto todos os dias, mas minha mãe ia ficar preocupada. Hahahaah. Outro item bem legal é a saia de tule, que deixa o look bem girlie, com carinha de bailarina gótica. Aí tá podendo misturar cores, pra suavizar algumas que combinam bastante com esse estilo são, o vermelho bem vivo, o vinho, roxo…

Você também pode optar para o gótico “nada suave”, vai da opinião de cada um. Eu não curto muito. Mas adoro um batom preto ou roxo e um olho pretão. Isso compõe o look muito bem.

FYI (for your information): AQUELA lingerie debaixo da transparência da renda tá SUPER IN.